sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Poema de Luiz Nogueira (*)

.
O poder

Eis o poder:
É ali. Não é tão distante!

.
Mas digo-te que:
- por sua estrada
já passaram muitos homens
com os seus sonhos,
deixando poeira
sobre as folhas e sobre as flores.
.
Aconteceu porém a muitos,
despreparados para essa viagem
que a fome, a sede e a desesperança,
aguardavam por eles no percurso.
.
E sabe-se que,
entre os poucos que ali chegaram,
alguns, despojados dos sonhos e mudados,
esqueceram-se da linguagem que falavam.
.
E será, talvez, por isso,
que gritam, urram e soltam bombas.
.
O poder é ali. Não é tão distante!...
.
(*) Luiz Nogueira Barros, alagoano de Pão de Açúcar, é médico, poeta, escritor, membro efetivo da Academia Alagoana de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas,com vários livros publicados.

Um comentário:

Ricardo disse...

Caro amigo, parabéns, pela valorização das suas raízes, plantas e frutos. Parabéns pela oportunidade que nos dá a todos (que são de ver e sentir) de compartilhar da sua generosidade. Mais um belo e grande investimento em sua labuta de Ser. Sinto-me bem, sinto-me orgulhoso em compartilhar de sua amizade. Cá junto aos ilhéus da Ilha do Mel compartilho nossa sina com sua ajuda, é claro. Meu amigo, parabéns.